Geral

MT: PMMT inicia Curso de Técnicas de Apoio Policial para 32 militares da instituição

A Polícia Militar de Mato Grosso realizou, na tarde desta segunda-feira (13.05), a aula inaugural do 1º Curso de Técnicas de Apoio Policial, em Cuiabá. O curso é ministrado pela Força Tática do Primeiro Comando Regional e conta com 32 alunos da Capital e da cidade de Vila Rica.

O curso tem duração de três semanas e tem como iniciativa o aperfeiçoamento das atividades desempenhadas pelos militares dos Grupos de Apoio (GAPs) dos batalhões de área, que são unidades formadas por policiais treinados para dar o apoio necessário às equipes de policiamento de rotina, em ocorrências que exigem reforço policial imediato. 

Ao longo do curso, os policiais serão submetidos a um rígido treinamento teórico e prático, em diversas disciplinas como: abordagem policial, atendimento pré-hospitalar em combate, balística policial, direção operacional, identificação veicular, patrulhamento urbano, tiro policial e uso potencial da força e instrumentos de menor potencial ofensivo e atividades simuladas.

A comandante da Força Tática do 1º Comando Regional, tenente-coronel Susane Tamanho, afirmou que a abertura de um novo curso é um momento importante dentro da Polícia Militar, na busca de qualificar os agentes da instituição.

“Este é um momento significativo, pois reafirma o nosso compromisso com a excelência, o profissionalismo e a segurança do nosso Estado. O curso foi cuidadosamente desenvolvido para equipar nossos policiais militares com conhecimentos e habilidades essenciais para a execução de seus trabalhos, garantindo que estejam sempre preparados para enfrentar os desafios da profissão”, pontuou a tenente-coronel.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alexandre Corrêa Mendes, também esteve presente na solenidade e destacou que os cursos de qualificação também são parte do investimento dentro da corporação para melhor prestação de serviço.

“Hoje podemos contar com cursos e qualificações técnicas, que só aperfeiçoam a execução dos trabalhos policiais. As unidades do GAP dentro dos nossos batalhões são de suma importância para a rapidez e eficácia do trabalho policial. Com este curso, quem ganha são os nossos militares e também toda a sociedade mato-grossense, que pode confiar no serviço da Polícia Militar”, finalizou.

A aula inaugural do curso contou com uma palestra do coronel Januário Batista, comandante do 2º Comando Regional de Várzea Grande, que falou sobre o trabalho e atuação do Grupo de Apoio dentro da Polícia Militar.