Agronegócios

Paridade das exportações de algodão de Mato Grosso tem queda 1%

As paridades de exportação de julho e dezembro deste ano fecharam a semana precificadas na média de R$ 151,79/@ e R$ 137,66/@, respectivamente. Desse modo, a paridade de exportação de julho registrou retração de 1,08% em relação à semana passada, reflexo da diminuição de 1,38% no preço da pluma na bolsa de Nova Yorque (contrato julho 2024).

A paridade de exportação dezembro deste ano aumentou 0,73% no mesmo comparativo, pautado, principalmente, pela valorização semanal de 2,55% do dólar futuro (para o mesmo mês). A análise é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) no boletim semanal do algodão.

“A curto prazo, não há fatores que indiquem uma tendência específica para os preços da pluma, no entanto, a especulação do mercado quanto ao corte do FED na taxa de juros norte-americana é um fator que pode movimentar o preço da fibra na bolsa de Nova Yorque e refletir nas paridades de exportação”, conclui.

Na semana passada, a cotação caiu 2,05% e fechou em R$ 131,45.