PODER EXECUTIVO

Sorriso recebe o prêmio InovaCidade 2024

O Eco Sorriso e o Sorrimobi fizeram o Município ser um dos 43 projetos laureados neste ano

O prefeito de Sorriso, Ari Lafin; a secretária de Assistência Social (Semas) e primeira-dama do Município, Jucélia Ferro; e o secretário de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Milton Geller, receberam, na manhã desta terça-feira (14 de maio), o prêmio InovaCidade 2024, durante a abertura do Smart City Business Brazil Congress 2024, que está sendo realizado até amanhã (15 de maio), em São Paulo (SP).

 

 O Prêmio InovaCidade é o reconhecimento do Instituto Smart City Business America às iniciativas que contribuem para a melhoria da qualidade de vida nas cidades. Em 2024, 128  projetos foram inscritos, sendo selecionados 43 projetos e iniciativas com impactos positivos, mensuráveis e reconhecidos pela sociedade, realizados pela administração pública, iniciativa privada e Entidades da Sociedade Civil.

 

Sorriso se destacou entre as propostas  apresentadas por prefeituras e outras instituições de toda a América Latina por duas iniciativas que já trouxeram impactos positivos  ao Município: O Sorrimobi e o Eco Sorriso, ambos alicerçados nos pilares da sustentabilidade: o cuidado com meio ambiente e o olhar atento ao social e à economia.

 

“Estamos aqui hoje com muito orgulho, muita alegria e muita gratidão, não somente da nossa equipe que iniciou a implantação destas duas iniciativas, mas principalmente, de cada pessoa que aderiu a estes projetos,  que disse ‘sim’ a uma nova forma de utilizar veículos, de fazer a gestão de resíduos, e, quando esta nova forma de relacionamento passa a fazer parte da gente, fica cada vez mais latente que precisamos seguir evoluindo, aprimorando processos e sedimentando práticas sustentáveis como novas formas de viver”, comentou o prefeito Ari Lafin.

“É assim, a partir de ações inovadoras, que seguimos sempre em busca na excelência da gestão, com reflexo direto no melhor atendimento de nossa população”, completou a secretária Jucélia Ferro, acrescentando que “quando a sustentabilidade começa a fazer parte da nossa forma de viver, passamos a pensar melhor sobre a forma como nos posicionamos no mundo, adotando novos hábitos de consumo, pensando em uma economia circular e, principalmente, entendendo que o cuidado com o meio ambiente e com o bem-estar das pessoas é indispensável ao desenvolvimento”.

 

Sorrimobi

O Sorrimobi foi desenvolvido internamente em 2020 e assemelha-se ao Uber, porém voltado para atender demandas das secretarias municipais, por meio do uso compartilhado de veículos, evitando a ociosidade dos automóveis ao longo da semana. Com uma central de gestão, o projeto já gerou uma economia significativa de mais de R$ 700.000 em novas locações ou aquisições de veículos. Por meio do Sorrimobi,  é ofertada uma variedade de serviços, desde entregas de documentos até transporte de servidores e visitas técnicas.

 

Eco Sorriso

Com ações como coleta seletiva, reciclagem e compostagem, o Eco Sorriso nasceu em 2019 e, gradativamente veio se ramificando e mudando a forma de os sorrisenses de todas as indades lidarem com os resíduos gerados, tanto em casa, como no trabalho e na escola.

 

Atualmente, cerca de 70% da cidade já possui coleta seletiva porta a porta, além de pontos de coleta de óleo de cozinha usado em escolas e centros de educação infantil. A educação ambiental é uma prioridade nas unidades escolares, e foram estabelecidos ecopontos para entrega de materiais recicláveis.

 

“Quando analisamos, por exemplo, que o volume de material reciclável recolhido mensalmente pela Prefeitura, deixa de ir para o Aterro Sanitário e se torna fonte de renda para associações de catadores, percebemos que a gestão sustentável de resíduos não apenas reduz o volume de lixo, mas, principalmente, se credencia como uma opção de geração de emprego e renda”, afirma o titular da Semosp, Milton Geller, informando que, mensalmente, é recolhida uma média de 200 toneladas de recicláveis.

 

Em 2023, Sorriso foi contemplada com o prêmio “Escola Lixo Zero”, que veio um ano após o Município ser reconhecida como “Cidade Lixo Zero” em 2022.

 

Gestão voltada à sustentabilidade

Os projetos premiados nesta edição do prêmio InovaCidade são viabilizados de maneira integrada, por meio da atuação direta da Controladoria Geral do Município (CGM), da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), e Secretaria Municipal de Agricultura Meio Ambiente Ciência e Tecnologia (Samatec).

Tags

Imagens

Texto: Nádia Mastella| com scbamerica.com

Fotos: Rômalo Bessa